quarta-feira, 8 de março de 2017

APARELHA LUZIA RECEBE CURSO INÉDITO SOBRE A SOLIDÃO DA MULHER NEGRA

No dia 18 de Março, a intelectual e feminista negra Stephanie Ribeiro, ministrará no Aparelha Luzia, o curso inédito: A solidão da mulher negra.






Esse, é um curso inédito, oferecido pela primeira vez pelo Coletivo Di Jejê, e pretende discutir com homens e mulheres da comunidade negra, sobre afeto, afetividade e racismo.
Acontecerá no Aparelha Luzia, um espaço negro dentro da Cidade de São Paulo, que têm possibilitado a nós, africanos da diáspora repensarmos e resignificarmos, nossa existência dentro da sociedade brasileira, que é racista, opressora e cada vez mais nos desumaniza.
Esse é um curso muito especial, pois é voltado exclusivamente para pessoas negras, e pretende, através da discussão, permitir que possamos pensar e repensar nossa condição de individuo negrx na sociedade brasileira.
Apesar de tocar numa questão delicada para as mulheres negras, a presença e participação de homens negros é bem vinda e importante, pois, a saída para nos fortalecimentos para a luta antiracista, antimachista e anticapitalista, passa pelo dialogo e formação permanente.

Esperamos todos vocês, no dia 18 de Março, no Aparelha Luzia para esse debate.
E claro, depois estão todos convidados para brindar a vida.


Serviço

Curso Presencial: A solidão da mulher negra
Loca: Aparelha Luzia - Rua Apa, 78 - Próximo ao Metrô Marechal Deodoro
Quando: 18 de Março (sábado - das 10hs as 13hs)
Quanto: 75 reais
Inscrições até dia 16 de março - 20 vagas

IMPORTANTE: Curso destinado exclusivamente para pessoas negras.

FICHA DE INSCRIÇÃO