Pular para o conteúdo principal

COLETIVO DI JEJE LANÇA LIVRO SOBRE A HISTÓRIA DO FEMINISMO NEGRO

O livro que vai ser lançado em Julho chama História do Feminismo Negro e aborda os processos de organização do campo nos Estados Unidos e Brasil, bem como apresenta principais autoras e conceitos do campo.
O segundo livro é sobre o Pensamento de Angela Davis, cujo conteúdo trata sobre conceitos e categorias trabalhados pela autoras, também escrito pela coordenadora do Coletivo Di Jeje, que tem artigos publicados sobre Angela Davis no Brasil e Estados Unidos, e profere palestras sobre a autoras no Brasil, Estados Unidos, América Latina e Europa.



Desde 2016, o Coletivo Di Jeje organiza cursos on line sobre feminismo negro, são mais de 33 cursos sobre temas e conceitos ligados ao feminismo negro no Brasil. Dessa experiência, o Coletivo Di Jeje resolveu publicar livros e revistas com coletâneas de artigos de autoras negras, sobre os temas desenvolvidos nos cursos.
As duas primeiras publicações serão lançadas em  Julho e Outubro respectivamente, e são dois livros escritos pela pesquisadora e coordenadora do Coletivo Di Jeje, Professora Doutoranda em Antropologia Social Jaqueline Conceição da Silva.

O livro está disponível no sistema de pré venda apenas para assinantes da plataforma de conteúdos e cursos virtuais NKANDA, pelo preço de 24 reais (o preço para não assinates será de 45 reais). A NKANDA é uma plataforma por assinatura na modalidade mensal, semestral e anual do Coletivo Di Jeje, e oferece cursos e demais conteúdos sobre feminismo negro e a questão racial no Brasil.

Quem já é assinante, deve acessar o site da NKANDA, e clicar no link para compra, disponível no painel de assinante, e realizar a compra com desconto (de 45 reais para 24 reais).

Mas se você não é assinante, para assinar a NKANDA, e garantir seu exemplar, das 100 cópias disponíveis, acesse o site NKANDA, e escolha seu plano

Plano Mensal: 33 reais debitado do cartão de crédito https://nkanda.org/curso.php?c=49

Plano Semestral: 150 reais num pagamento único com acesso válido por 6 meses  https://nkanda.org/curso.php?c=50

Plano Anual: 204 reais num pagamento único com acesso válido por 12 meses https://nkanda.org/curso.php?c=54

Atualmente a plataforma conta com mais de 300 assinantes de vários lugares do Brasil América Latina, África, Europa e Estados Unidos, sendo a maioria pesquisadoras negras do campo do feminismo negro.

As vendas acontecerão durante todo o mês de Maio ou enquanto houverem exemplares disponíveis.

Para a coordenadora do Coletivo Di jeje, Jaque Conceição: o lançamento do Selo Editorial Luango, tem por objetivo potencializar a produção intelectual de mulheres negras, especialmente no campo do feminismo negro, dando visibilidade para o fazer teórico acadêmico e também protagonismo para esse grupo social subalternizado dentro dos espaços de produção e divulgação de conhecimento, sendo uma forma, de potencializar o trabalho do coletivo di jeje, uma vez que os livros são resultados dos 5 anos de atuação do Coletivo, na organização de cursos e conteúdos sobre feminismo negro, intelectuais negras e a questão racial no Brasil.
Precisamos criar estratégias concretas de enfrentamento ao epistemicídio, e nós do Coletivo Di Jeje entendemos que os cursos, e agora as publicações de livros e revistas, potencializam o enfrentamento ao apagamento do saber e da memória de mulheres negras na sociedade brasileira, bem como de toda a população afrobrasileira.

Fiquem ligados, haverão outros lançamentos ao longo do ano!

Cursos e conteúdos disponíveis na Plataforma NKANDA:

  • Feminismo Negro
O feminismo negro no Brasil - Lélia Gonzalez e Beatriz Nascimento
A história do feminismo negro no Brasil
  • Intelectuais Negras
O pensamento de Beatriz Nascimento
O pensamento de bell hooks
O pensamento de Angela Davis
O PENSAMENTO DE SUELI CARNEIRO
O pensamento de Beatriz Nascimento
O pensamento de bell hooks
O pensamento de Angela Davis: de 1975 aos anos 2000

  • Sistema Prisional e Genocídio da População Negra
Política de drogas: racismo, genocídio e a condição da mulher negra
Marcadores sociais de mulheres encarceradas
Sistema prisional e o encarceramento feminino

  • Subjetividade da Mulher Negra
Mulher Negra: construção histórica e resistência

  • Saúde e Sexualidade da Mulher Negra
Transsexualidade e racismo
Pluralidades: mulher negra e lésbica
Saúde sexual e reprodutiva da mulher negra

  • Coleção o que é
O que é lugar de fala?
O que é colorismo?
O que é feminismo?
O que é racismo?
O que é o feminismo negro?

  • Movimento Negro
Mito da Democracia Racial do Brasil
A história do movimento negro no Brasil
50 anos dos Panteras Negras: feminismo negro e resistência

  • Mídia e Comunicação
Mulher Negra e a representatividade na mídia
Mulher Negra, cinema e os movimentos de resistência

  • Violência Contra a Mulher
VIOLÊNCIA DE GÊNERO

  • Religião de Matriz Africana
Candomblé, feminino e ancestralidade
A importância histórica do candomblé

  • Novos Feminismos
Feminismo Interseccional
Feminismo Negro, ciberativismo e a luta anti racista
Masculinidade Negra e o Feminismo Negro
A geração tombamento: pressupostos históricos e paradigmas atuais
O que é panafricanismo

Próximo curso presencial

Em Maio acontecerá o primeiro curso presencial do Coletivo Di Jeje em Mina Gerais. Serão dois cursos presenciais na cidade de Mariana, cada encontro terá 15 vagas.

Os cursos presenciais pautados na metodologia freireana partem de um tema gerador, e articulam a experiência das participantes a partir do lugar de fala de cada um, com o conhecimento teórico proposto.

Serviço

Curso O que é feminismo Negro?
Quanto: 78 reais
Vagas: 5
Conteúdo: debate sobre a produção teórica de Djamila Ribeiro
Quando: 11 de Maio das 08hs as 12hs
Local: Mariana/MG

Curso  Intelectuais Negras: Sueli Carneiro e Lélia Gonzalez
Quanto: 78 reais
Vagas: 3
Conteúdo: conceitos desenvolvidos pelas autoras como denegrir, epistemicídio, afrofeminismo e o outro como não ser.
Quando: 11 de Maio das 14hs as 18hs
Local: Mariana/MG
Inscrição: https://nkanda.org/curso.php?c=55




Postagens mais visitadas deste blog

EDUCAÇÃO CONTRA O FASCISMO: Di Jeje oferece cursos gratuitos

A única forma de combater o fascismo é com educação critica.  Pensando nisso, a partir de hoje, nós do Coletivo Di Jeje, vamos disponibilizar gratuitamente os cursos: A história do Feminismo Negro no Brasil, O que é feminismo negro?, O que é feminismo? E o pensamento de Angela Davis. Basta acessar nossa loja e fazer o pedido do curso, e durante 30 dias você terá acessogratuito aos materiais, você pode realizar um ou todos os cursos gratuitamente ofertados com direito a certificação. Se fere nossa existência, seremos resistência!
Clique AQUI, acesse nossa loja e faça seu pedido!





NKANDA

Você já conhece a NKANDA: a primeira plataforma de conteúdo sobre feminismo com cursos com certificação, podcast, vídeos, filmes, documentários, livros, artigos e teses e dissertações sobre feminismo negro, feminismo, racialidade no Brasil, racismo, transssexualidade, escravidão, movimento negro e outros temas? Acesse aqui e saiba como assinar a NKANDA por 24 reais mensais!
Acesse AQUI e saiba mais!


PRECISAMOS FALAR SOBRE COLORISMO

Afinal, o que é COLORISMO? Qual  a origem desse termo?
Há muitas discussões sobre essa temática no Brasil. Expressões como afrobege, afroconveniente, pardo, mestiço, são associadas a temática do colorismo.
Existem diversas explicações: a eugênia imposta no Brasil no final do século XIX e começo do século XX, a mestiçagem forçada entre negros e europeus através do estupro de mulheres negras escravizadas
O processo da mestiçagem racial, também está ligada ao apagamento cultural e histórico da herança africana, presente no processo de construção da identidade brasileira.
Pensando sobre a necessidade da realização desse debate, que o Coletivo Di Jeje, te convida para a web aula Colorismo, com Jaque Conceição.
A aula vai acontecer on line via streaming, no dia 10 de Julho as 19hs, GRATUITAMENTE. Para participar, acesse o link e se inscreva. As inscrições vão até dia 08 de Julho, e as vagas são LIMITADAS. Haverá emissão de certificados.

A web aula faz parte do curso O que é colorismo? desenvolv…

12 MOTIVOS PARA VOCÊ FAZER PARTE DA NKANDA

Você já deve ter ouvido falar dos cursos on line do Coletivo Di Jeje, não é mesmo?
Nossos cursos, de formação política e acadêmica para mulheres, sobretudo mulheres negras, se desenvolvem em uma plataforma on line chamade de ambiente virtual de aprendizagem. Nesses 3 anos, nos buscamos desenvolver uma forma de ensino e aprendizagem, a partir das críticas e sugestões das usuárias; um método que privilegie a autonomia e a troca de esperiência das usuárias; aliado a um preço que pudesse ser acessível e tornar o produto possível para todas as mulheres, sobretudo, as mulheres da classe popular. E, conseguimos. Com muito prazer, apresento para vocês a NKANDA

A NKANDA é uma plataforma de e-learning (ensino virtual), que contempla uma série de conteúdos: cursos com certificado de 90 horas, podcasts, videos, livros, teses e dissertações, filmes e documentários e artigos, todos sobre gênero e relações étnico raciais, no Brasil, América Latina, Africa e Estados Unidos.
Agora, eu vou te apresentar 1…