Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

PERIFE - uma revista de moda e atitude periférica

Por Rafael Critsiano - Grajaú/ Zona Sul de SP



Parei pra pensar que nossas referências de “coisas bem feitas”, ou apenas de “coisas feitas” está nos centros, está na mídia e está nas bancas. Mas e eu? E nós? Que somos e estamos na Periferia de uma mega cidade como São Paulo, marginais por quê vivemos à margem de uma sociedade e rodeados por uma represa. Pret@s, bichas, sapatões, travestis, favelad@s, cansadas e cansados de estar em gaiolas de estereótipos, e prontas para explodi-las. A Perife surge dessa vontade, ela nasceu de uma conversa sem pretensão, e de uma resposta afiada e pé no chão: “Nois daqui temo que fazer nóis por nóis memo, dinheiro nois nunca teve e coisa a gente sempre fez”.

Estamos localizados no Grajaú, periferia no extremo sul de SP, um lugar aonde as linguagens artísticas proliferam em um ambiente que é muito fértil, um lugar de encontros entre diversos artistas, grupos de dança, teatro, música, saraus espalhados pelos botecos, senhoras costureiras e artesãs. Porque n…

Eu sou Atlântica: a voz e e o saber de Beatriz Nascimento

Maria Beatriz Nascimento  (1942 - 1995)
*Texto traduzido por Jaque Conceição - coordenadora do Coletivo Di Jeje


"Ser negro está enfrentando uma história de quase 500 anos de resistência à dor, física e sofrimento moral, o sentimento de não existir, a prática de ainda não pertencentes a uma sociedade na qual ele consagrou tudo o que ele possuía, oferecendo ainda hoje o resto de si mesmo / dela mesma. Ser negro não pode ser reduzido a um "estado de espírito", "alma branca ou preta", * os aspectos do comportamento que certos brancos escolher como sendo preto e assim por adoptá-las como sua própria. "-  Beatriz Nascimento, 1974
Intelectual, ativista e pesquisador, Beatriz Nascimento nasceu em Aracaju, em 12 de Julho de 1942, a filha de dona de casa Rubina Pereira do Nascimento e pedreiro Francisco Xavier do Nascimento. Ela e seus dez irmãos e irmãs migrou com sua família para o Rio de Janeiro na década de 1950. Na idade de 28, ela começou a estudar para o seu c…

CURSO ON LINE SOBRE FEMINISMO NEGRO

O feminismo negro no Brasil – Lélia Gonzalez e Beatriz Nascimento  - INSCRIÇÕES - Você que não pode participar da primeira edição do curso on line sobre feminismo negro, que têm como referência teórica o pensamento de Lélia Gonzalez e Beatriz Nascimento, poderá se inscrever até dia 29 de Setembro para a segunda edição.
Lélia Gonzales, criou o conceito de feminismo afrolatino: um dialogo entre mulheres negras e latinas do continente, pautando o pan africanismo como saída para a luta da diáspora negra na América Latina.
Beatriz Nascimento, pesquisou sobre os quilombos, e trouxe muitos elementos para pensarmos a organização e articulação das mulheres negras como lideranças importantíssimas nesses espaços.
Juntas com Clóvis Moura, ambas são referencias muito importante para pensarmos sobre a comunidade africana da diáspora em nosso país.
Curso aberto a todas e todos interessadxs!

CURSO ON LINE SOBRE ANGELA DAVIS

O pensamento de Angela Davis


Em 2016, houve o lançamento da primeira edição de Mulher, raça e classe de Angela Davis em português pela Editora Boitempo.
O livro, publicado originalmente em inglês nos anos 80 do ´seculo XX, ainda é uma leitura obrigatória para quem busca compreender mais sobre o individuo negro na modernidade, sobretudo as relações entre genero, raça e classe dentro do capitalismo.
Nesse curso, vamos debater a partir de temas geradores, o pensamento da professora, intelectual e ativista, percorrendo 5 décadas de produção acadêmica.
O trabalho inicial será o texto Lectures on liberation, publicado originalmente em 1972. O texto é a transcrição da aula inaugural da autora em 1969, na Universidade da Califórnia. Na aula, do curso de filosofia alemã clássica, a autora discute brilhantemente sobre o conceito de liberdade, a partir da autobiografia do escravo Frederich Douglas.


Essa, será a última edição oferecida em 2016, e se trata de um curso fundamental para militantes, ativi…